Exclusivo

Vila às portas de Setúbal para nómadas digitais

Vila às portas de Setúbal para nómadas digitais

Setúbal vai ter uma vila para nómadas digitais. Profissionais liberais de todo o Mundo nas áreas de multimédia e artes digitais, que trabalham de forma remota, vão ter na Sende Portugal um espaço para conviver e trabalhar em conjunto rodeados por natureza. A vila encontra-se na zona das Pontes, à entrada da cidade, e foi cedida pela Autarquia para a sua implementação.

Edo Sadikovic, sérvio de 34 anos, e Maria Rodriguez, espanhola de 33, lideram o projeto com raízes no país vizinho, onde já funciona uma vila idêntica na Galiza, a Sende Espanha. A pandemia forçou a Sende Portugal a adiar a inauguração do espaço, planeado inicialmente para meados de 2020. Hoje, ainda funciona apenas para a organização de eventos e já recebeu 30 jovens de todo o Mundo, da Rede de Embaixadores da Paz.

"O mercado de trabalho mudou e hoje existem milhões de pessoas que podem trabalhar remotamente, apenas com os seus computadores. O nosso objetivo é proporcionar um espaço onde estes profissionais possam trabalhar, conviver e crescer pessoalmente", diz Edo Sadikovic.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG