Exclusivo

Esperam meses por exame para confirmar diagnóstico de cancro

Esperam meses por exame para confirmar diagnóstico de cancro

Europacolon denuncia graves atrasos nos hospitais do Norte na realização de colonoscopias pós-rastreio. Hospital das Forças Armadas vai ajudar ARS.

Há doentes com resultado positivo no rastreio ao cancro do cólon e reto que esperam até oito meses para conseguir fazer uma colonoscopia, o exame que permite confirmar se têm, de facto, um tumor no intestino. A resposta dos hospitais, sobretudo do Norte, piorou com a pandemia, denuncia a associação Europacolon, pedindo uma solução urgente para este "problema de saúde pública".

Os hospitais contactados pelo JN negam atrasos e a Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte refere que duplicou o número de colonoscopias a estes doentes em 2021, que já estão todos os hospitais da região envolvidos na resposta e que, em breve, se juntará o polo do Porto do Hospital das Forças Armadas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG