O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Estado acelera cobrança de multas de trânsito e recupera atrasos

Estado acelera cobrança de multas de trânsito e recupera atrasos

Número de autos cobrados foi superior ao dos registados no ano passado. Só prescreveram 716 multas, o valor mais baixo de sempre.

A Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) cobrou 904 635 autos no ano passado, um valor que representa uma recuperação face ao primeiro ano da pandemia (743 292). A cobrança em 2021 chegou a ser mesmo superior ao número de autos registados pela Segurança Rodoviária no respetivo ano (887 398), o que significa que as multas pagas tiveram um peso de 102% face aos autos registados. Os dados foram revelados por aquela autoridade ao JN.

Outro indicador que mostra que o Estado está a agilizar este processo e que estão a ficar menos multas por cobrar é a diminuição do número de prescrições. De acordo com o Relatório Anual de Segurança Interna (RASI) de 2021, a ANSR deixou prescrever 716 multas de trânsito no ano passado, "atingindo-se o valor mais baixo desde que há registo", lê-se no documento. Em 2020, tinham prescrito 3677 multas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG