Covid-19

"Estamos muito próximos do limite", avisa ministra da Saúde

"Estamos muito próximos do limite", avisa ministra da Saúde

A ministra da Saúde avisou, esta tarde de domingo, que todo o sistema de saúde está numa situação de "extremo sobre-esforço" e pediu aos portugueses: "por favor, fiquem em casa".

Em visita ao Hospital Garcia de Orta, em Almada, que está numa situação crítica, Marta Temido deixou avisos e um forte apelo à população para que cumpra o confinamento.

"Há um limite e estamos muito próximos do limite. Os portugueses precisam de saber isto", disse a ministra da Saúde, num tom de preocupação.

Marta Temido realçou que todo o sistema de saúde - inclui o Serviço Nacional de Saúde, o setor social e privado, as estruturas de retaguarda e o Hospital das Forças Armadas - "está numa situação de extremo sobre-esforço" e lembrou que não podemos deixar os profissionais de saúde sozinhos nesta luta.

"Precisamos de nos esforçar mais", pediu a governante, admitindo que viu com "preocupação" a adesão dos portugueses ao confinamento.

"Os hospitais estão debaixo de uma elevadíssima pressão, precisamos da ajuda dos portugueses" para conter a transmissão da doença, concluiu Marta Temido.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG