Exclusivo

Estradas e metros dominam projetos regionais do PRR

Estradas e metros dominam projetos regionais do PRR

A maioria dos fundos da "bazuca" é para ações de âmbito nacional, mas há iniciativas locais ligadas à Saúde, Ambiente ou Ação Social com verbas de centenas de milhões.

As expansões das redes de metro de Lisboa e Porto são os dois maiores projetos locais ou regionais do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), a "bazuca europeia" que destina pelo menos 16,6 mil milhões de euros a Portugal até 2026. Embora a esmagadora maioria dos projetos do PRR sejam nacionais, as candidaturas já aprovadas têm iniciativas de cariz local onde se incluem estradas, habitações, equipamentos de saúde ou reformas amigas do ambiente.

A expansão do Metropolitano de Lisboa - através do prolongamento da Linha Vermelha entre São Sebastião e Alcântara, com quatro novas estações - é o projeto de cariz local mais valioso do PRR. São 304 milhões de euros para esta obra, um pouco acima dos 299 milhões de euros que vai custar a segunda empreitada mais cara, a da expansão da linha de metro do Porto desde Santo Ovídio, em Vila Nova de Gaia, à Casa da Música, no Porto.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG