Exclusivo

Estudantes têm cada vez menos perguntas opcionais para escolher nos exames

Estudantes têm cada vez menos perguntas opcionais para escolher nos exames

Mais de 148 mil alunos dos 11.º e 12.º anos estão inscritos nos exames nacionais. A primeira fase arranca esta sexta-feira com as provas de Português, no Secundário. Os alunos do 9.º ano voltam a fazer provas nacionais, apesar de, este ano, serem de diagnóstico e de não contarem para a classificação final. Pelo terceiro ano e devido ao impacto da pandemia no ensino, os exames contam para o ingresso no Ensino Superior e não para a média final do Secundário.

A primeira fase de exames arranca amanhã e termina a 6 de julho. As pautas são afixadas a 19 de julho. E os alunos infetados com covid-19 podem, tal como nos anos anteriores, fazer exame na segunda época (decorre entre 21 e 27 de julho) e concorrer à primeira fase do concurso nacional de acesso ao Ensino Superior.

O modelo mantém-se. Assim, os exames voltam a ter perguntas obrigatórias e um leque de opcionais, em que só as melhores respostas contam para a nota. Este grupo de escolha, que há três anos fez disparar as médias, voltou a ser reduzido depois do corte no ano passado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG