Exclusivo

Estudo sobre impacto social da raspadinha em suspenso

Estudo sobre impacto social da raspadinha em suspenso

O estudo sobre o impacto social da "raspadinha", prometido pelo presidente do Conselho Económico e Social (CES), ficou, afinal, em "stand by". Na altura, Francisco Assis estava preocupado com os efeitos da nova lotaria instantânea, à venda desde 18 de maio para angariar verbas para o Fundo de Salvaguarda do Património Cultural, que considerou um erro. Mas o trabalho ficou suspenso com a queda do Governo.

"Neste momento, tudo o que signifique avançar mais com a raspadinha, tendo em consideração os indícios claramente existentes, constitui um erro", alertou, então, o presidente do CES, aquando do início da disponibilização da Lotaria do Património Cultural, uma parceria entre o Ministério da Cultura e a Santa Casa da Misericórdia.

Para Francisco Assis, tratava-se de um erro face aos riscos que este tipo de jogos acarretam em termos viciantes. "Há um risco real para a saúde mental de alguns portugueses e para a situação socioeconómica de muitos mais", declarou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG