Leslie

Exército e Força Aérea apoiam EDP no restabelecimento da energia

Exército e Força Aérea apoiam EDP no restabelecimento da energia

O Exército e a Força Aérea estão a apoiar a EDP Distribuição no restabelecimento de energia elétrica às populações da região de Soure, no distrito de Coimbra, fortemente afetadas pela passagem da tempestade "Leslie" no fim-de-semana.

Em comunicado, o Estado-Maior General das Forças Armadas (EMGFA) adianta que "foram disponibilizados 18 geradores (12 do Exército e seis da Força Aérea), tendo sido garantido igualmente pelas Forças Armadas o transporte, montagem, operação, manutenção e segurança dos locais onde se instalarem os respetivos equipamentos".

Na terça-feira, segundo o EMGFA, foram mobilizados para a operação 14 unidades (10 do Exército e 4 da Força Aérea), num total de 87 militares apoiados por 16 viaturas, um autotanque de combustível e dois empilhadores.

Esta colaboração das Forças Armadas resulta, indica o EMGFA, de uma colaboração em "ações de proteção civil, no quadro dos programas e planos de envolvimento aprovados ou em resposta a situações de emergência civil, por solicitação da Autoridade Nacional de Proteção Civil no continente ou das autoridades regionais de proteção civil nas regiões autónomas".

O município de Soure, no distrito de Coimbra, foi um dos mais atingidos pela tempestade "Leslie", com um prejuízo previsto superior a sete milhões de euros.

Os prejuízos no concelho chegavam a 6,8 milhões de euros hoje de manhã, mas os valores "continuam em permanente atualização pelos diversos setores", disse à agência Lusa o presidente da Câmara de Soure, Mário Jorge Nunes.

Esta contabilização dos gastos ainda não inclui o setor agrícola, cujo levantamento dos prejuízos está a ser feito em paralelo, acrescentou.

Segundo o autarca, nas habitações haverá prejuízos na ordem dos dois milhões de euros, contabilizando-se cerca de cinco mil casas afetadas.

Na área empresarial, a autarquia já identificou cerca de 2,5 milhões de euros de danos, nomeadamente relacionados com prejuízos em coberturas em instalações industriais, e, no setor social, haverá um prejuízo de quase de dois milhões de euros em instituições de solidariedade social e em associações recreativas e culturais.

De acordo com o autarca, há também vários equipamentos municipais danificados, bem como estragos em igrejas e capelas do concelho de Soure.

A tempestade Leslie provocou 28 feridos ligeiros, 61 desalojados e quase 1.900 ocorrências comunicadas à Proteção Civil, de acordo com o balanço desta autoridade.

Dos 61 desalojados, 57 são do distrito de Coimbra.