Nacional

Exigem 500 a 750 euros por contratos fantasma

Exigem 500 a 750 euros por contratos fantasma

Abordam os trabalhadores nos estaleiros onde as obras estão prestes a terminar e prometem-lhes, em troca de 500 euros, um bom salário na construção em países como a Alemanha e a França. Segue-se um encontro presencial para a entrega da quantia, no qual se combina um novo contacto para breve, que acaba por nunca mais acontecer.

Nos últimos meses, o Sindicato dos Trabalhadores da Construção recebeu mais de 50 queixas de esquemas fraudulentos desta natureza, alguns envolvendo até valores superiores, de 750 euros. E estima que tenham sido afetadas milhares de pessoas. "Desde novembro, mais de 1500 trabalhadores terão sido enganados", disse ao JN Albano Ribeiro, presidente do sindicato.