Incêndios

Extremadura agradece apoio no combate a incêndio

Extremadura agradece apoio no combate a incêndio

O presidente regional da Extremadura, Guillermo Fernandez Vara, agradeceu a todos os envolvidos no combate ao incêndio de Serra da Gata, entre os quais um contingente de 104 bombeiros portugueses.

Guillermo Fernandez Vara, natural de Olivença, confirmou que o fogo da Serra da Gata (Cáceres, Extremadura espanhola) está "estabilizado" e "sob controlo em todo o seu perímetro".

Os meios portugueses envolvidos no combate ao fogo vão regressar ao longo do dia de hoje, tal como os congéneres espanhóis de outras comunidades autonómicas, como os de Castilla y León. Fernandez Vara estendeu o "agradecimento da região" a "todas as pessoas e entidades administrativas que combateram o incêndio da Serra da Gata".

Já no sábado à noite, populares espanhóis publicaram nas redes sociais um vídeo no qual aplaudiam à passagem do que descreviam como um "impressionante contigente de meios" portugueses para combater o fogo.

Nas tarefas de extinção do fogo mantêm-se agora 184 unidades na zona (59 meios terrestres e 18 aéreos) e 312 trabalhadores (com 18 autobombas) a unidade militar de emergência. Portugal respondeu no sábado a um pedido de ajuda internacional de Espanha, com o envio de uma força conjunta de 104 operacionais e 32 viaturas.

O fogo, que deflagrou na quinta-feira na Sierra de Gata, consumiu mais de 6.500 hectares e foi combatido por centenas de bombeiros de várias regiões de Espanha.

Cerca de mil habitantes da aldeia de Hoyos foram retirados sábado de manhã das suas casas, juntando-se aos cerca de 1400 retirados na sexta-feira de outras duas aldeias próximas

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG