Autoridade Tributária

Falha técnica atrasa salários de trabalhadores dos impostos

Falha técnica atrasa salários de trabalhadores dos impostos

Os salários dos trabalhadores da Autoridade Tributária (AT) não foram depositados na manhã desta quarta-feira, tendo sido necessária a intervenção do Ministério das Finanças para que a situação, devida a uma falha técnica não especificada, fosse regularizada ao longo do dia.

De acordo com a presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos (STI), Ana Gamboa, que contactou a AT, os salários de abril devem ser integralmente depositados até ao final do dia. "Esperamos que não volte a acontecer", disse, em mensagem áudio enviada ao JN.

A meio da manhã, a diretora-geral da AT fez circular uma nota aos cerca de 10 700 funcionários na qual "lamenta o sucedido" e informa que, logo que lhe chegaram ao conhecimento "factos relacionados com a falta de pagamento atempado dos vencimentos", foi "transmitido pela Tutela à ESPAP orientação no sentido da regularização da situação ao longo do dia de hoje".

Contacto pelo JN, Ministério das Finanças esclareceu que tinha sido "detetada uma circunstância técnica nos sistemas de pagamento dos salários" do próprio Ministério, que "afetou os trabalhadores da AT".

"A dificuldade foi de imediato identificada e os vencimentos já foram pagos, tendo os primeiros trabalhadores começado a receber os vencimentos nas suas contas bancárias cerca das 14 horas", acrescenta a resposta escrita do gabinete de Fernando Medina.

A Entidade de Serviços Partilhados de Administração Pública (ESPAP) "está a envidar esforços no sentido de avaliar a possibilidade de alterar os sistemas informáticos para incluir mecanismos de controlo mais eficientes", conclui.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG