Greve

Fenprof aponta para cerca de 200 escolas fechadas

Fenprof aponta para cerca de 200 escolas fechadas

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) revela que a greve desta sexta-feira encerrou cerca de 200 escolas de 1º Ciclo e Pré-Escolar, mas admite que o contexto atual dificultou a adesão.

"Foi a primeira vez que a preparação da greve foi feita apenas por via digital. Para além disso, as escolas estão a funcionar com horários em espelho, o que não dá para ter dados muito exatos da adesão", aponta o secretário-geral da Fenprof, Mário Nogueira.

No entanto, assegura que o objetivo da greve foi cumprido. "Queríamos colocar na agenda política e mediática o bloqueio negocial do ministro da Educação, que há quase um ano que não reúne connosco", acusa.

A Fenprof vai reunir a 16 e 17 de dezembro, para discutir e definir medidas para o segundo período.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG