José Sócrates

Ferreira Leite diz que país não precisa de políticos, mas de estadistas

Ferreira Leite diz que país não precisa de políticos, mas de estadistas

A líder social-democrata considerou hoje que o acordo sobre o Orçamento só foi possível porque Portugal "não aguenta mais que a política seja dirigida em função dos votos", sublinhando que o país precisa de estadistas e não de políticos.

"O acordo que foi possível chegar em relação á viabilização do Orçamento, eu digo que ele foi possível porque este país não aguenta mais, este país não aguenta mesmo mais que a política seja dirigida em função dos votos", afirmou a presidente do PSD, Manuela Ferreira Leite, durante o debate quinzenal com o primeiro-ministro.

Sublinhando que a política "só pode ser seguida em função do interesse nacional", Manuela Ferreira Leite elevou ainda mais o tom, argumentando que, neste momento, o país precisa de "estadistas".

"Aquilo que o país precisa neste momento não é de políticos. Como alguém disse, aquilo que o país precisa neste momento não é de políticos, é de estadistas", declarou.

Antes, José Sócrates tinha já deixado elogios à "acção responsável" do PSD e do CDS-PP nas negociações sobre o Orçamento do Estado para 2010, que classificou como um "êxito político".

"Foi um acto responsável que contribui para a governabilidade", sublinhou, enaltecendo a atitude dos sociais-democratas e dos democratas-cristãos em aceitar viabilizar o documento através da abstenção, sem receber "nada em troca".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG