Saúde

Fibrose quística. Infarmed aprova tratamento inovador para Constança Bradell

Fibrose quística. Infarmed aprova tratamento inovador para Constança Bradell

O Infarmed aprovou, esta terça-feira, quatro pedidos de Autorizações de Utilização Excecional (AUE) do tratamento inovador 'Kaftrio' para doentes com fibrose quística, do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte (CHULN).

Entre os pacientes referenciados está Constança Bradell, a jovem de 24 anos, que nos últimos dias tem sido alvo de grande atenção mediática, após ter feito um apelo dramático nas redes sociais para que o medicamento, ainda não autorizado pela entidade reguladora para uso generalizado em Portugal, seja desbloqueado. Segundo fonte do Infarmed, a aprovação das AUE podem ter efeitos imediatos, na medida em que o CHULN "está na posse de uma ferramenta que lhe permite dirigir-se ao fabricante (Vartex) e adquirir o medicamento".

Os quatro pedidos hoje aprovados, juntam-se a outros dez que já tinham sido concedidos anteriormente para vários centros hospitalares do país. No total ficam agora distribuídos por Lisboa Central (2), Porto (2), Lisboa Norte (6), São João (2) e Coimbra (2).

De acordo com a mesma fonte, o Infarmed prossegue, entretanto, negociações com aquele laboratório para a aprovação do acesso generalizado ao Kaftrio, que deverá ocorrer em breve. Nessa altura, todos os doentes em Portugal (cerca de 400) poderão ter acesso à terapia inovadora e já autorizada em vários países da Europa e EUA.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG