Mortalidade

Fim de semana de calor extremo com 643 óbitos

Fim de semana de calor extremo com 643 óbitos

Entre sábado e as 21 horas de domingo, morreram em Portugal 643 pessoas, 78,5% das quais com idade igual ou superior a 75 anos. E 97% dos óbitos ficaram a dever-se a causas naturais.

Balanço, provisório, de um fim de semana de canícula, com os termómetros a baterem recordes de temperaturas máximas em diversos pontos do país . E que está já acima dos valores de mortalidade geral estimados para aqueles dois dias.

Leia a nossa Edição Impressa ou tenha acesso a todo o conteúdo no seu computador, tablet ou smartphone assinando a versão digital aqui

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG