Covid-19

Fim de semana para vacinar jovens dos 16 aos 17 mesmo sem agendamento

Fim de semana para vacinar jovens dos 16 aos 17 mesmo sem agendamento

O vice-almirante Gouveia e Melo anunciou, nesta quarta-feira, em Viseu, que neste fim de semana todos os jovens entre os 16 e os 17 anos, mesmo os não autoagendados, devem "aparecer nos centros de vacinação e serão vacinados". Se for necessário, "na próxima semana haverá casa aberta para eles. Há flexibilidade suficiente para dar uma oportunidade a todos", acrescentou.

Gouveia e Melo recusa para já fazer casa aberta a adolescentes dos 12 aos 17, "mas se não comparecerem ao autoagendamento terei que encontrar formas para atingir o objetivo, que é vacinar toda a gente" disse.

O vice-almirante também explicou que pretende que os pais dos cerca de 400 mil jovens a vacinar "percebam uma coisa muito simples: a vacina é segura e eficaz e numa pandemia não ser vacinado é ser vacinado com o vírus, é uma questão de tempo".

Relativamente aos jovens dos 12 aos 15 anos, o responsável da task force disse que o agendamento para essa faixa começa esta quinta-feira e "os fins de semana de 21 e de 28 serão dedicados a eles" e, se não for possível, "neste fim de semana vamos encontrar outras alternativas para o fazer".

Ainda sobre aquela faixa etária, o vice-almirante disse que "pode ser escolhido qualquer fim de semana" se for para dar flexibilidade aos pais, de forma a prejudicar o mínimo das férias e de os jovens comparecerem à vacinação da forma mais razoável possível".

"Com esta variante [D] só com uma grande percentagem de vacinação é que conseguimos proteger os mais jovens que não podem se vacinados ou que não estão em idade de vacinação", terminou.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG