05.02.2019

Operação Marquês

As imagens de Armando Vara a chegar algemado ao tribunal

As imagens de Armando Vara a chegar algemado ao tribunal

Armando Vara esteve esta terça-feira no Tribunal Central de Instrução Criminal, em Lisboa, como testemunha da filha, no âmbito da instrução da Operação Marquês.

Bárbara Vara está acusada de dois crimes de branqueamento de capitais. Armando Vara, atualmente a cumprir pena de prisão em Évora no âmbito do processo Face Oculta, chegou ao Tribunal Central de Instrução Crimina​​​​​​l (​TCIC) numa carrinha celular, algemado, pelas 13.42 horas, cerca de 20 minutos antes da hora marcada para o início da terceira sessão da instrução da Operação Marquês.

No arranque da instrução, a 28 de janeiro, Bárbara Vara garantiu ao juiz Ivo Rosa que, apesar de ser beneficiária da conta onde Armando Vara terá recebido, segundo a acusação, um milhão de euros em luvas por alegadamente ter favorecido o empreendimento Vale do Lobo (Algarve) num empréstimo ruinoso para a CGD, se limitou a confiar do pai, desconhecendo a origem do dinheiro.

Esta terça-feira, Armando Vara disse em tribunal que o milhão de euros depositado na conta da sua filha, na Suíça, era proveniente de serviços de consultoria efetuados antes de ser administrador da Caixa Geral de Depósitos (CGD).

Outras Notícias