Fotogaleria

Marcelo regressou a Pedrógão com afetos e elogios

Marcelo na sede da AVIPG - Associação de Vítimas do Incêndio de Pedrógão Grande, em Figueira|

 foto NUNO ANDRÉ FERREIRA/LUSA

Marcelo na sede da AVIPG - Associação de Vítimas do Incêndio de Pedrógão Grande, em Figueira|

 foto NUNO ANDRÉ FERREIRA/LUSA

Marcelo na sede da AVIPG - Associação de Vítimas do Incêndio de Pedrógão Grande, em Figueira|

 foto NUNO ANDRÉ FERREIRA/LUSA

Marcelo na sede da AVIPG - Associação de Vítimas do Incêndio de Pedrógão Grande, em Figueira|

 foto NUNO ANDRÉ FERREIRA/LUSA

Na aldeia de Nodeirinho, na inauguração do Memorial "Fonte da Vida", junto ao tanque onde algumas pessoas conseguiram sobreviver às chamas|

 foto Fernando Fontes / Global Imagens

Na aldeia de Nodeirinho, na inauguração do Memorial "Fonte da Vida", junto ao tanque onde algumas pessoas conseguiram sobreviver às chamas|

 foto Fernando Fontes / Global Imagens

Na aldeia de Nodeirinho, na inauguração do Memorial "Fonte da Vida", junto ao tanque onde algumas pessoas conseguiram sobreviver às chamas|

 foto Fernando Fontes / Global Imagens

Marcelo no Memorial "Fonte da Vida"|

 foto PAULO CUNHA/LUSA

Marcelo no Memorial "Fonte da Vida"|

 foto PAULO CUNHA/LUSA

Marcelo no Memorial "Fonte da Vida"|

 foto PAULO CUNHA/LUSA

Marcelo no Memorial "Fonte da Vida"|

 foto PAULO CUNHA/LUSA

Na aldeia de Nodeirinho, na inauguração do Memorial "Fonte da Vida", junto ao tanque onde algumas pessoas conseguiram sobreviver às chamas|

 foto Fernando Fontes / Global Imagens

Com populares junto à igreja de Pedrógão, onde se realizou uma missa em memória das vítimas|

 foto Fernando Fontes / Global Imagens

Com populares junto à igreja de Pedrógão, onde se realizou uma missa em memória das vítimas|

 foto Fernando Fontes / Global Imagens

Com populares junto à igreja de Pedrógão, onde se realizou uma missa em memória das vítimas|

 foto Fernando Fontes / Global Imagens

Com populares junto à igreja de Pedrógão, onde se realizou uma missa em memória das vítimas|

 foto Fernando Fontes / Global Imagens

No Congresso Nacional de Queimados Renascer Um Ano Depois, em Pedrógão Pequeno|

 foto PAULO CUNHA/LUSA

Casal pediu uma selfie quando o Presidente saiu do Congresso Nacional de Queimados|

 foto PAULO CUNHA/LUSA

Este domingo, a dor e a saudade foram ainda maiores para os familiares e amigos das 66 vítimas mortais do grande incêndio que surpreendeu Pedrógão Grande (e o país) em 2017.

Várias iniciativas e homenagens marcaram a data do primeiro ano da tragédia em Pedrógão Grande.

Marcelo orgulhoso de todos os que fazem "novas todas as coisas"

Costa não foi convidado para homenagem da associação de vítimas

Marcelo diz que o país mudou depois dos grandes incêndios de 2017

Presidente da República defende que queimados são doentes crónicos

Costa: É preciso que o país se habitue a não aguardar por tragédias

Relacionadas