10.06.2019

Fotogaleria

Parada militar atraiu milhares que também queriam ver Marcelo

Parada militar atraiu milhares que também queriam ver Marcelo

Milhares de pessoas, muitas delas com a bandeira nacional, assistiram em Portalegre às comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas. A parada militar é um momento muito aguardado, assim como a oportunidade de ver o presidente da República.

Marcelo Rebelo de Sousa: "Somos muito mais do que fragilidades e erros"

As comemorações do Dia de Portugal começaram no domingo, em Portalegre, com uma cerimónia de içar da bandeira nacional, e vão terminar em Cabo Verde, onde o presidente da República e o primeiro-ministro, António Costa, estarão entre esta segunda-feira e terça-feira.

Em 2016, ano em que tomou posse como presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa lançou um modelo inédito de comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, acertado com o primeiro-ministro em que as celebrações começam em território nacional e se estendem a um país estrangeiro com comunidades emigrantes.

Nesse ano, o Dia de Portugal foi celebrado entre Lisboa e Paris. Em 2017 as comemorações foram no Porto e nas cidades brasileiras do Rio de Janeiro e São Paulo. E em 2018 dividiram-se entre Ponta Delgada, nos Açores, e as cidades de Boston, Providence e New Bedford, na Costa Leste dos Estados Unidos da América.