06.02.2019

Galeria

Peluches e flores na homenagem à avó e neta assassinadas no Seixal

Peluches e flores na homenagem à avó e neta assassinadas no Seixal

No Seixal ainda ninguém acredita no que aconteceu. Pedro Henriques, de 39 anos, matou a sogra, Helena Cabrita, na segunda-feira. Na terça-feira, matou a própria filha, de dois anos, antes de se suicidar na terra dos pais, Castanheira de Pera.

No café Orly, onde trabalhava a família de Helena, familiares, amigos e vizinhos prestam homenagem, pendurando flores e peluches na porta do estabelecimento que está fechado.