O Jogo ao Vivo

03.09.2021

Fotogaleria

Mais lotação mas as mesmas regras. Imagens da abertura da Festa do Avante!

Mais lotação mas as mesmas regras. Imagens da abertura da Festa do Avante!

A 45.ª edição da Festa do Avante! abriu portas esta sexta-feira, em ano do centenário do PCP e sob as regras sanitárias exigidas pela pandemia pelo segundo ano consecutivo.

A rentrée política comunista vai contar, até domingo, com mais de 60 debates na Festa do Avante!, na Quinta da Atalaia, no Seixal (distrito de Setúbal).

Este ano repetem-se as medidas decretadas em 2020 para prevenir a propagação do SARS-CoV-2, mas a lotação foi aumentada para 40 mil, mais 23 mil do que no ano passado, e regressam atividades, como, por exemplo, as desportivas e o Espaço Criança.

Pelas 14.30 horas de sábado, vai decorrer o debate "100 anos de luta no mundo", no Espaço Internacional, e às 15 horas realiza-se o debate "Centenário do Partido Comunista Português: Liberdade, Democracia, Socialismo. O futuro tem partido", no Espaço Central, e que contará com a participação dos membros da Comissão Política do Comité Central do PCP Manuel Rodrigues e Ricardo Costa.

No domingo, pelas 11.30 horas, a contemporaneidade do panorama político vai ser a temática do debate "Portugal em 2021 e a intervenção do PCP na luta por uma vida melhor", que vai contar com a participação dos elementos da Comissão Política comunista João Oliveira, que é também o líder do grupo parlamentar, Vasco Cardoso, Fernanda Mateus e Dias Coelho. Às 13.30 horas, o debate "O Futuro tem Partido", na Cidade da Juventude, vai abordar a participação jovem na política.

A defesa dos direitos laborais, uma das bandeiras de génese do partido, também vai ser discutida, no sábado, através dos debates "Contra a exploração, os mesmos direitos", às 11 horas no Pavilhão dos Imigrantes, "É só blá blá e trabalho com direitos não há", às 11.30 horas na Cidade da Juventude, "Igualdade no trabalho e na vida: Os caminhos necessários" e também "Combater a exploração e a manipulação: Valorizar o trabalhos e os trabalhadores", às 18 horas, no Pavilhão da Mulher e no Espaço Central, respetivamente.

As intervenções militares internacionais e das Forças Armadas de Portugal serão o repto para os debates, no sábado, "Por uma Europa de cooperação e paz. Não à NATO", pelas 18 horas no Espaço Internacional, e no domingo, "Forças Armadas e independência Nacional", às 11.30 horas, no Espaço Central da rentrée comunista na Quinta da Atalaia.

Também no domingo estão previstas conversas com a União de Resistentes Antifascistas Portugueses, a propósito da apresentação no sábado do livro "Elas estiveram nas Prisões do Fascismo", pelas 14 horas, e uma hora mais tarde com a Associação para o Desenvolvimento das Mulheres Ciganas, pelas 15 horas. Ambas vão decorrer no Pavilhão da Mulher.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG