Geração à Rasca

"Geração à Rasca" avança para iniciativa legislativa contra precariedade

"Geração à Rasca" avança para iniciativa legislativa contra precariedade

Os representantes do movimento "Geração à Rasca" querem promover uma iniciativa legislativa popular com a finalidade de apresentar na Assembleia da República uma proposta contra a precariedade no trabalho.

Esta foi uma das conclusões que saiu da primeira assembleia popular do movimento, no Porto, onde estiveram reunidas várias dezenas de pessoas.

Para já, explicou Inês Gregório, uma das representantes, o primeiro passo é "abrir o assunto à discussão para a construção do texto" a ser apresentado e a reunião de 3500 assinaturas.

Durante o encontro foram apresentadas várias propostas tendo uma delas sido a do ex-candidato presidencial José Manuel Coelho que disponibilizou o seu partido aos manifestantes para poderem participar nas próximas eleições de 5 de Junho.

A proposta do ex-candidato não foi bem aceite pela maioria dos presentes que disseram mesmo que juntar ou criar partidos é "matar o movimento".

Ainda assim, Inês Gregório defendeu que esta proposta "faz sentido como qualquer outra", lamentando apenas que tivesse sido apresentada no início da reunião o que acabou por "focar as questões seguintes" nesse tema.

Outras propostas passaram pela união dos vários movimentos populares que existem actualmente, congregação de ideias e "convergência na diversidade" que irão a partir de agora ser aprofundados por grupos de trabalho hoje criados.

Quanto à Iniciativa Popular Legislativa, Inês Gregório considera que será uma vitória se o texto for apresentado na AR, para votação, até Setembro, destacando que o projecto está também a ser debatido pelos representantes do movimento em Lisboa.

Pretende-se que a proposta verse questões laborais como os falsos recibos verdes, a redução de contratos a termo de três para um ano ou a limitação das empresas de trabalho temporário.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG