Exclusivo

Geringonças para todos os gostos escondem bloco central e apelo à maioria

Geringonças para todos os gostos escondem bloco central e apelo à maioria

PS iniciou corrida com o poder absoluto na mira e acabou com aproximação a todos, menos ao Chega. Comportamento das várias forças mudou quando PSD começou a disputar o topo das sondagens.

A campanha termina com juras de diálogo e cenários de governação para todos os gostos e feitios, após várias semanas marcadas por um passa-culpas entre esquerdas, por apelos do PS à maioria absoluta e por um debate sobre o regresso do bloco central.

Embora abafado por um líder socialista mais dialogante e atento a todos os cenários possíveis, quando Rui Rio partilha o topo das sondagens, um acordo entre PS e PSD mantém-se como gato escondido com rabo de fora. E não é o Zé Albino, o felino de Rio que esteve na ribalta num dos momentos mais descontraídos da campanha, mas também um dos mais tensos para Costa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG