Exclusivo

Gestão clínica de Cascais pode passar para mãos espanholas

Gestão clínica de Cascais pode passar para mãos espanholas

Grupo Lusíadas, atual gestor, já anunciou que não vai concorrer a nova PPP. Ribera Salud mantém-se na corrida.

A gestão clínica do Hospital de Cascais, atualmente assegurada pelo grupo Lusíadas Saúde, pode passar para mãos espanholas já em janeiro de 2022. Também o Hospital Beatriz Ângelo (Loures) deverá mudar de gestão no próximo ano.

Apesar de inicialmente ter entrado no processo, a Lusíadas Saúde, detida pelo UnitedHealth Group, anunciou em meados deste ano que já não vai participar na nova parceria público-privada (PPP) do Hospital de Cascais. A empresa alegou que as condições apresentadas não garantem a sustentabilidade financeira do projeto, "prevendo-se a ocorrência de prejuízos crescentes, a partir de 2023, em todos os anos subsequentes da concessão".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG