Imprensa

Global Media Group entra em lay-off parcial

Global Media Group entra em lay-off parcial

O Global Media Group, dono do "Jornal de Notícias", "Diário de Notícias", "O Jogo", "TSF", entre outros títulos, anunciou esta segunda-feira que decidiu acionar o lay-off.

A administração do grupo justifica a decisão com a quebra das vendas e das receitas publicitárias que "precipitaram os meios de comunicação social numa crise sem precedentes".

A medida, "imediata e parcial", afeta cerca de 700 trabalhadores e é ajustada "a cada empresa, marca e área de produção ou serviços, com diferentes níveis de redução de horários", explica a administração.

O GMG nota ainda "a tardia concretização das anunciadas medidas de apoio do Estado ao setor e nota que a "repartição ainda nem sequer foi concertada com os parceiros da indústria".

Sindicato dos Jornalistas pede "suspensão imediata do lay-off"

Numa nota publicada no site oficial, o Sindicato dos Jornalistas solicita a suspensão imediata do lay-off da Global Media Group, considerando "grave e indigno que se proceda a uma medida destas formalizando-a junto dos trabalhadores com apenas umas horas de antecedência e sem cumprimento dos trâmites legais".

"Para além do desrespeito já mencionado, a legislação do lay-off prevê que a comunicação ocorra após a audição dos delegados sindicais, o que não aconteceu. Não se verificou qualquer audição, mas uma mera comunicação de um conjunto de medidas que a empresa pretenderia adotar", pode ainda ler-se no comunicado.

Outras Notícias