Autárquicas

Governo apela ao recenseamento de estrangeiros para votarem

Governo apela ao recenseamento de estrangeiros para votarem

A secretária de Estado para a Integração e as Migrações desafiou nesta quinta-feira, em Leiria, os centros de migrantes locais a divulgarem informação para que os estrangeiros se recenseiem até junho e possam votar nas próximas eleições autárquicas.

Na inauguração do CLAIM - Centro Local de Apoio à Integração de Migrantes de Leiria, Cláudia Pereira lembrou que as eleições autárquicas "são as únicas onde os imigrantes podem votar".

"Podem votar nas autárquicas imigrantes da União Europeia, do Brasil e de Cabo Verde. Desafio a que os CLAIM informem os imigrantes que têm de se recensear nas juntas de freguesia até final de junho. Tem de ser até 60 dias antes das eleições. Se não se recensearem depois não poderão votar", alertou a secretária de Estado. Cláudia Pereira lembrou que o Alto Comissariado para as Migrações também está a divulgar essa informação e referiu ainda que "80% da população imigrante é ativa".

"Os dados da Segurança Social revelaram-nos, segundo o Observatório das Migrações, que, em 2019, os imigrantes contribuíram nove vezes mais para a Segurança Social do que receberam", adiantou.

Segundo Cláudia Pereira, os imigrantes "contribuíram com cerca de 994 milhões de euros e receberam de apoios da Segurança Social 111 milhões de euros, o que significa que, no total, a Segurança Social arrecadou 884 milhões de euros".

"Todos nós beneficiamos com o contributo dos imigrantes. É nosso dever fazer com que se sintam integrados. Este CLAIM é um passo extremamente significativo porque permite que os imigrantes sejam tão bem tratados no país, como queremos que os portugueses sejam tratados nos outros países", sublinhou.

Para a secretária de Estado, a criação do 117.º CLAIM do país, é mais um passo "para migrações seguras, ordeiras e regulares". "Queremos que os imigrantes estejam de forma documentada e regular e este serviço irá contribuir para tal", salientou, destacando a importância de "trabalhar em rede".

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG