Restrições

Governo divulga lista de 800 escolas abertas para filhos de trabalhadores essenciais

Governo divulga lista de 800 escolas abertas para filhos de trabalhadores essenciais

Cerca de 800 escolas vão estar abertas nas duas "semanas de contenção" para receber os filhos de trabalhadores essenciais e crianças e jovens sinalizados pelas Comissões de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ).

Segundo um comunicado do Ministério da Educação, as escolas, que estarão abertas de 27 a 30 de dezembro e de 3 a 7 de janeiro, vão também fornecer refeições a alunos beneficiários da Ação Social Escolar ou que necessitem deste apoio.

A lista das 800 escolas de acolhimento pode ser consultada aqui.

O Governo decretou uma série de medidas de contenção da pandemia a partir das 0 horas de sábado e até dia 9 de janeiro, devido ao aumento de casos de covid-19. Entre estas medidas está o teletrabalho obrigatório, o encerramento de creches e Ateliês de Tempos Livres (ATL) e dos bares e discotecas.

Limitação da lotação nos estabelecimentos comerciais a uma pessoa por cada cinco metros quadrados, testes negativos obrigatórios para frequência de estabelecimentos turísticos e alojamento local, assim como em casamentos, batizados, eventos empresariais, espetáculos culturais e recintos desportivos (salvo decisão da Direção-geral de Saúde), são outras das medidas.

Estão proibidos ajuntamentos na via pública com mais de 10 pessoas na passagem do ano, assim como consumo de bebidas alcoólicas na rua. Na noite da Consoada e na noite da passagem do ano é também obrigatório um teste negativo para acesso a restaurantes, casinos e festas.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG