MNE

Governo esclarece que atrasos no consulado em Londres estão a ser resolvidos

Governo esclarece que atrasos no consulado em Londres estão a ser resolvidos

O Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) esclareceu esta sexta-feira que as dificuldades registadas no Consulado-Geral de Portugal em Londres na segunda-feira foram motivadas por medidas de prevenção da covid-19 e que os consequentes atendimentos cancelados estão a ser regularizados.

Numa nota enviada à comunicação social, o MNE respondeu, desta forma, à denúncia apresentada pelo PSD de uma "situação caótica" nos agendamentos dos consulados portugueses no Reino Unido.

"As dificuldades registadas no passado dia 2 de agosto [segunda-feira] decorreram da necessidade de suspensão dos atendimentos não urgentes entre os dias 16 e 23 de julho, devido à testagem positiva de um elemento do posto à covid-19 e à consequente necessidade de auto isolamento de um grande número de funcionários, no cumprimento das regras sanitárias locais em vigor", lê-se no esclarecimento.

A suspensão dos atendimentos durante este período, prossegue a nota, "foi imediatamente acautelada com o reagendamento, no mais curto espaço de tempo possível, dos cerca de 1500 atendimentos cancelados".

Segundo o Ministério dos Negócios Estrangeiros, foram já regularizados 500 dos atendimentos cancelados.

Numa carta dirigida ao ministro de Estado e Negócios Estrangeiros, o PSD referiu que vários emigrantes, com agendamento para segunda-feira, aguardaram "largas horas" para serem atendidos, até que os informaram que "não seria possível atender mais ninguém nesse dia, devido ao elevado número de agendamentos como também, segundo a comunicação social, ao cansaço dos funcionários consulares".

Na pergunta colocada ao executivo, o grupo parlamentar do PSD quer saber o que causou "o desfasamento entre o número de agendamentos previstos e a impossibilidade de atendimento dos mesmos".

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG