Poluição

Governo prolonga restrições à Celtejo pelo menos mais 30 dias

Governo prolonga restrições à Celtejo pelo menos mais 30 dias

O Ministério do Ambiente, através da Agência Portuguesa do Ambiente (APA), anunciou esta segunda-feira que decidiu prolongar por mais 30 dias todas as medidas impostas à empresa Celtejo

Em comunicado, o Ministério do Ambiente adianta que, "apesar de se verificar uma melhoria nos valores de oxigénio dissolvido na água - que, ainda assim, não atingem os valores normais para a época -, a precaução obriga a que sejam mantidas as restrições já decididas por um período de 30 dias".

No documento, é destacado ainda que "as condições hidrológicas e de seca se mantêm" e que se aguardam os resultados de todas as análises necessárias. O Ministério refere que se sabe que se encontram depositados a jusante do local de descarga 12 mil metros cúbicos de sedimentos, "que já começaram a ser removidos", acrescenta o comunicado.

O documento deixa ainda em aberto a possibilidade de estas medidas serem "prolongadas por mais 30 dias", explicando que nessa data já deverá poder ser passada uma nova licença para a rejeição de efluentes, com regras adaptadas à capacidade real do rio Tejo, conforme o primeiro-ministro anunciou, na última semana, no debate quinzenal na Assembleia da República.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG