Exclusivo

Governo propõe mais obras em escolas para fechar descentralização

Governo propõe mais obras em escolas para fechar descentralização

A Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) vai analisar e votar, esta segunda-feira, a proposta final do Governo para a descentralização na Educação e na Saúde, onde se prevê a reabilitação de 451 escolas até 2030, mais do que estava no primeiro projeto. O município de Lisboa lidera a lista.

A proposta do Governo vai ser analisada pelos autarcas em Coimbra. De manhã reúne-se o Conselho Diretivo da ANMP e de tarde o Conselho Geral. Ainda podem ser apresentadas alterações à proposta do Governo, o que significa que só ao final da tarde é que é conhecida a versão final do acordo. O JN sabe que há autarcas que vão propor alterações.

No documento, a que o JN teve acesso, mantém-se a maioria das medidas já consensualizadas entre as câmaras municipais e o Governo. A grande novidade é a lista de 451 escolas básicas e secundárias a reabilitar, ordenadas por três níveis de prioridades. As classificadas como "mais urgentes" são 32 e avançam primeiro. A seguir vêm as 304 "urgentes" e, para último, ficam as 115 "prioritárias".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG