Educação

Governo quer seis em cada 10 jovens a frequentar o Ensino Superior em 2030

Governo quer seis em cada 10 jovens a frequentar o Ensino Superior em 2030

O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, apontou esta segunda-feira como "meta ambiciosa" que em 2030 Portugal tenha seis em cada dez jovens com 20 anos a frequentar o Ensino Superior, salientando também o aumento de estudantes estrangeiros em Portugal.

"Se há quatro anos tínhamos apenas quatro em cada dez jovens de 20 anos no Ensino Superior este ano ultrapassamos a meta de ter metade dos jovens a estudar. É um passo muito importante e um passo certo naquilo que é a nossa ambição de chegarmos a 2030 com seis em cada dez jovens no Ensino Superior", afirmou Manuel Heitor na Universidade do Minho, em Braga.

À margem de uma cerimónia de boas vindas aos novos alunos da academia minhota, Manuel Heitor apontou ainda que "este ano também fica caracterizado por um aumento importante" do número de estudantes estrangeiros a escolher Portugal.

"Nos últimos três anos aumentou 50%, este ano aumentou 40%, temos mais de sete mil estudantes estrangeiros a entrar em Portugal este ano", referiu.

No entanto, admitiu o governante, com o aumento de estudantes no Ensino Superior o país enfrenta novos desafios, como o do alojamento estudantil.

"Precisámos rapidamente de garantir mais alojamento a preços regulados e por isso lançámos o programa nacional de apoio ao alojamento. Este ano já se conseguiu um esforço coletivo com o Exército, a Santa Casa da Misericórdia, as dioceses, as Pousadas da Juventude em mais 600 camas, mas não chegam", admitiu Manuel Heitor.