O Jogo ao Vivo

Premium

Grávida conta as "más experiências" que teve com obstetra investigado

Grávida conta as "más experiências" que teve com obstetra investigado

Sara (nome fictício) prepara-se para ter a segunda filha no Hospital de São Bernardo e espera não se cruzar com Artur Carvalho na sala de partos, com quem teve uma má experiência durante o nascimento da primeira filha. Em agosto de 2018, entrou naquele hospital com uma rutura da placenta e a filha só nasceu 31 horas depois.

O obstetra Artur Carvalho entrou ao serviço quando Sara já estava há 15 horas na sala de observações à espera das contrações, mas, de acordo com a própria, nem sequer a foi ver "durante as dez horas que lá esteve". Só quando foi substituído é que Sara recebeu medicação para indução do parto. "A médica dirigiu-se a mim e perguntou porque é que ainda lá estava e porque é que o parto ainda não tinha sido induzido."

Outros Artigos Recomendados