Covid-19

Grávida não vacinada está ligada à ECMO no Hospital de São João

Grávida não vacinada está ligada à ECMO no Hospital de São João

Uma grávida de 33 semanas, com covid-19 e não vacinada, está desde sexta-feira no Hospital de São João ligada à ECMO, um dispositivo de circulação extracorporal essencial ao tratamento de doentes críticos.

A mulher, de 35 anos, chegou oriunda do Centro Hospitalar Tâmega e Sousa e encontra-se "estável", tendo fonte do Hospital de São João, no Porto, frisado ainda que o bebé "se encontra bem".

Desde o início da pandemia, prosseguiu a fonte, este hospital contabilizou "três grávidas com covid-19 em ECMO", assinalando que as duas primeiras "foram salvas e que apenas um dos bebés não sobreviveu".

A fonte acrescenta que o maior hospital da zona Norte teve também, neste período, "cinco grávidas não covid-19 ligadas à ECMO".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG