Exclusivo

Grávidas prejudicadas por reduções nos apoios sociais

Grávidas prejudicadas por reduções nos apoios sociais

Quem esteve em lay-off está a ser alvo de cortes ilegais pela Segurança Social. Provedoria de Justiça já recebeu 30 queixas desde o final do ano passado.

Passaram quase três meses desde que a Segurança Social prometeu corrigir o erro nos cortes ilegais nos apoios sociais de que foram alvo os trabalhadores que estiveram em regime de lay-off. Porém, a promessa e a lei continuam por cumprir. Ao JN, chegaram denúncias de irregularidades com grávidas de baixa.

A Provedoria de Justiça diz ter recebido, até agora, "cerca de 30 queixas" por parte de beneficiários penalizados por "omissões ou irregularidades" na sua carreira contributiva, que implicaram que as prestações - "sobretudo no âmbito da parentalidade (subsídio por risco clínico durante a gravidez e subsídio parental), do desemprego e da doença" - tenham sido calculadas "com base em valores inferiores aos corretos."

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG