Autárquicas 2021

Há 7510 inscritos no voto antecipado

Há 7510 inscritos no voto antecipado

Número cai 42% face às presidenciais de janeiro. Quantidade de munícipes a votar em lares ou em isolamento é residual.

Há 7510 inscritos em Portugal para votar de forma antecipada (em confinamento ou em lares) nas autárquicas de domingo. O número final, que o JN solicitou ao Ministério da Administração Interna, revela uma quebra de 42% face aos 12 906 que se tinham inscrito nas presidenciais, em janeiro, quando a pandemia estava num período crítico. A grande maioria (7070) é residente em lares, sendo que os restantes (440) estão em isolamento devido à covid-19. Em Lisboa, só 130 pessoas anteciparam o voto e, no Porto, apenas 35 o fizeram.

Os concelhos do país com mais pedidos de voto antecipado, somando lares e pessoas a cumprir confinamento, foram a Covilhã (181 solicitações), Ourém (179) e Viseu (168) - sendo que, em todos estes casos, a esmagadora maioria são utentes de lares. Em 62 dos 308 concelhos nacionais não houve qualquer pedido. Se se considerarem apenas os lares, a lista é encabeçada pelos mesmos três concelhos, respetivamente com 175, 174 e 168 pedidos. Em Lisboa, houve 118 solicitações e, no Porto, 30. Ao todo, existem 86 municípios em que não se verificou qualquer pedido do género.

Quanto aos votos em confinamento, os números são ainda mais residuais. A maioria ocorrerá em Portel, no distrito de Évora (16 pedidos), seguindo-se Viseu e Oliveira de Azeméis (ambos com 15). Ao todo, 199 concelhos não têm qualquer munícipe a solicitar o voto antecipado em isolamento. Na capital houve 12 e na Invicta apenas cinco.

1,3% dos infetados inscritos

O prazo para requerer o voto antecipado terminou no passado domingo. Entre hoje e amanhã, estarão mobilizadas brigadas municipais que irão recolher os votos às moradas indicadas. Recorde-se que, nas eleições autárquicas, não existe voto em mobilidade.

Segundo a DGS, havia ontem 33 634 casos ativos de covid-19 em Portugal. Ou seja, apenas 1,3% (440) dos atuais infetados pediram o voto antecipado (embora tenha de se excluir da equação os infetados menores de idade, que não votam).

PUB

Quase mil "recuaram"

Dos 12 906 inscritos para votar de forma antecipada nas presidenciais de janeiro, apenas 11 990 o fizeram. Ou seja, 916 pessoas pediram mas não exerceram o direito de voto através dessa modalidade.

Distrito do Porto

No distrito do Porto, é no concelho de Matosinhos que há mais pedidos de voto antecipado (75, dos quais 70 em lares e 5 em confinamento). Seguem-se Gaia (51 pedidos, 48 deles em lares e três em confinamento) e Amarante (36, com 34 deles em lares). Só depois vem o Porto (35).

Isolamento em minoria

Só em 35 concelhos há mais pedidos para votar em isolamento do que em lares. É o caso de Coimbra (sete em isolamento e três em lares), Évora (5-0) e Maia (9-5).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG