Exclusivo

Há disciplinas quase sem professores à espera de colocação

Há disciplinas quase sem professores à espera de colocação

Grupo de Informática só tem 28 candidatos. "Há escolas em Lisboa onde faltam 17 docentes", alertam diretores.

Três semanas após o arranque das aulas, há alunos sem professor a pelo menos uma das disciplinas e grupos de recrutamento quase esgotados. Após a quarta reserva de recrutamento, estão por colocar "pouco mais de 12 mil professores", contabiliza Vítor Godinho, dirigente da Federação Nacional de Professores (Fenprof). São menos do que os que esperavam por colocação, no ano passado, à 10.º reserva, em dezembro, assegura Arlindo Ferreira, especialista em estatísticas da Educação.

No grupo de Informática, "o mais crítico", "há apenas 28 candidatos na lista", revela Vítor Godinho. Mas há outros casos "preocupantes": em Geografia e Filosofia estão 122 por colocar, a Inglês (2.º Ciclo) 179 e a História, 202. "São muito poucos para as necessidades", assegura. Mesmo a Biologia e Geologia e a Física e Química, onde há 350 e 320 docentes, "como há cursos com sete tempos semanais onde bastam três turmas para preencher um horário, as listas podem esgotar-se muito rapidamente".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG