Exclusivo

Há hospitais onde se espera um ano por uma consulta não prioritária

Há hospitais onde se espera um ano por uma consulta não prioritária

Oftalmologia pode chegar aos 1065 dias quando lei dá 150 dias para realizar marcação. Tempos médios para primeiro atendimento no portal.

Há hospitais onde o tempo médio de espera por uma consulta não prioritária em algumas especialidades pode chegar a um ano ou até ultrapassar os 365 dias, quando a lei estipula que cerca de cinco meses é o prazo máximo para um primeiro atendimento de especialidade hospitalar não urgente. São 150 dias no total. Já nos casos prioritários, a consulta deve ser realizada após a referenciação pelo médico de família. No que toca aos doentes muito prioritários, o limite máximo para realizar o atendimento médico é de 30 dias.

No entanto, os tempos médios de espera disponíveis no portal Consulta a Tempo e Horas (CTH) mostram que a espera em alguns hospitais e especialidades excede os prazos fixados na lei (ver infografia). Segundo a análise feita pelo JN com base nos dados disponíveis entre março e abril, entre as especialidades com maior espera em alguns hospitais contam-se, entre outras, dermato-venereologia, oftalmologia, ortopedia, otorrinolaringologia, urologia e pneumologia.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG