O Jogo ao Vivo

Viagens

Há ingleses a perder 300 euros para antecipar regresso a casa

Há ingleses a perder 300 euros para antecipar regresso a casa

Muitos dos passageiros, que chegaram esta sexta-feira nos mais de 30 voos programados para o Aeroporto de Faro, tiveram de "encurtar" a estadia para regressar a casa antes da obrigatoriedade da quarentena, que entra em vigor na terça-feira.

"Íamos ficar até ao final da próxima semana, mas alterámos a viagem de regresso para segunda-feira. Perdemos muito dinheiro, cerca de 250 libras cada um (cerca 300 euros)", contou, ao JN, Richard Hughes, que chegou a Faro com mais dois amigos num voo proveniente de Londres. Por serem estudantes, não teriam condições para cumprir dez dias de quarentena. "Tínhamos duas hipóteses: não viajar e recuperar uma pequena parte do dinheiro ou viajar e perder muito dinheiro. Optámos por viajar porque não sabemos quando será possível fazê-lo novamente", acrescentou.

Para quem escolheu o Algarve para passar apenas o fim de semana, a saída de Portugal da lista verde não causou transtorno. "Voltaria na segunda-feira, fosse qual fosse a decisão. Espero que Portugal seja de novo considerado um destino seguro. É assim que me sinto cá e quero voltar assim" avançou Kenneth Wood, residente em Londres.

Nas unidades hoteleiras ainda estão a ser feitas as contas aos cancelamentos, que não param desde que, na quinta-feira, surgiram os primeiros rumores da saída de Portugal da lista verde. Também os testes à covid-19 estão a ser desmarcados.

Preços sobem em flecha

No Centro Académico de Investigação e Formação Biomédica do Algarve foram registados, esta sexta-feira, 400 cancelamentos de testes PCR que os turistas tinham marcado, ainda no Reino Unido, para fazerem antes da viagem de regresso. "Nos emails de cancelamento referem que o motivo é terem desistido da viagem para Portugal devido à saída da lista verde", explicou Nuno Marques, responsável pelo centro.

A corrida aos bilhetes de última hora para segunda-feira fez disparar o preço, sobretudo os provenientes do Aeroporto de Faro. Voos diretos para Londres, na segunda-feira, estavam esta sexta-feira a ser vendidos entre 95 e mais de 600 euros. O valor baixa para pouco mais de cem euros no dia seguinte.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG