Exclusivo

Há mais de mil vagas para alojar pessoas em situação de sem-abrigo

Há mais de mil vagas para alojar pessoas em situação de sem-abrigo

Portugal tem mais de mil vagas em casas ou apartamentos partilhados destinados ao alojamento de pessoas em situação de sem-abrigo e, ainda este mês, o Governo vai lançar um aviso para a criação de "comunidades de inserção". O objetivo do projeto, que terá financiamento do Plano de Recuperação e Resiliência, é promover a reintegração na sociedade de pessoas vulneráveis.

A informação foi avançada, esta terça-feira, pela ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social após a assinatura de um protocolo para aumentar a resposta habitacional para pessoas em situação de sem-abrigo no Porto. No total, em parceria com a Associação Seis - Saúde e Intervenção Social, foram abertas mais 40 vagas em apartamentos partilhados no Porto.

A criação de soluções habitacionais para pessoas sem-abrigo faz parte da Estratégia Nacional para a Integração das Pessoas em Situação de Sem-Abrigo. Os primeiros protocolos começaram a ser firmados há cerca de dois anos, havendo já 1006 vagas abertas. Há ainda soluções habitacionais exclusivas para pessoas LGBT.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG