Covid-19

Hospitais privados começam a vacinar profissionais de saúde amanhã

Hospitais privados começam a vacinar profissionais de saúde amanhã

Médicos, enfermeiros e auxiliares de unidades privadas que tratam doentes covid-19 do SNS são prioritários. Dois hospitais do grupo Cuf e um da Luz Saúde receberam hoje as vacinas.

Por enquanto, a imunização chegará apenas aos hospitais privados que estão a tratar doentes infetados em colaboração com o Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Ao Hospital da Luz Lisboa, o único do grupo que recebe doentes covid-19, chegaram esta quinta-feira 780 doses de vacinas que vão começar a ser administradas amanhã de manhã, confirmou ao JN fonte do grupo privado.

Também o Hospital Cuf Porto e o Hospital Cuf Tejo - as duas unidades do grupo que recebem doentes covid-19 -, começam a imunização amanhã. As vacinas já chegaram aos hospitais e está a ser ultimado o agendamento com os profissionais de saúde.

Na passada segunda-feira, depois de uma reunião com a task force responsável pela coordenação do plano de vacinação, a ministra da Saúde anunciou que os profissionais de saúde do setor privado iriam ser imunizados com as vacinas da empresa de biotecnologia norte-americana Moderna, a segunda a receber aprovação da Agência Europeia do Medicamento.

"Iremos afetá-las a profissionais de saúde prioritários de hospitais privados que têm colaboração com o SNS no tratamento e nas respostas a doentes covid", afirmou Marta Temido.

PUB

O país recebeu ontem as primeiras 8400 doses daquela empresa.

Outras Notícias