Exclusivo

IGF analisa nomeação de Sérgio Figueiredo para as Finanças

IGF analisa nomeação de Sérgio Figueiredo para as Finanças

A Inspeção-Geral das Finanças (IGF) vai analisar a denúncia efetuada pelo Chega sobre a "eventual troca de favores" na nomeação de Sérgio Figueiredo para consultor do Ministério das Finanças. Um caso que fez o partido de André Ventura exigir que a Câmara de Lisboa divulgue todos os contratos celebrados com o ex-diretor da TVI. E que levou a Iniciativa Liberal (IL) a repudiar "o padrão de uso e abuso do aparelho do Estado" dos socialistas.

"O Chega foi ontem (anteontem) notificado pela Inspeção Geral de Finanças, de que está em análise e já com processo aberto, a denúncia feita pelo Chega sobre a eventual troca de favores entre Medina e Sérgio Figueiredo", revelou o partido de Ventura, em comunicado, no dia em que foi tornado público um contrato de 350 mil euros, celebrado no último mandato de Fernando Medina, entre a Câmara de Lisboa e o filho de Sérgio Figueiredo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG