Pandemia

Igreja Católica suspende as missas presenciais

Igreja Católica suspende as missas presenciais

As missas da Igreja Católica vão ser suspensas a partir de sábado, anunciou, esta quinta-feira, a Conferência Episcopal Portuguesa.

"Embora lamentando fazê-lo, a Conferência Episcopal Portuguesa determina a suspensão da celebração pública da Eucaristia a partir de 23 de Janeiro de 2021, bem como a suspensão de catequeses e outras atividades pastorais que impliquem contacto", refere um comunicado da CEP, citado pela agência Ecclesia.

D. José Ornelas, Bispo de Setúbal e presidente da CEP, quer que as comunidades católicas colaborem ativamente para superar a pandemia e "inverter a curva ascendente" de contágios e mortes por covid-19. Numa nota, disse estar consciente "da gravíssima situação de pandemia".

"Estamos a adaptar, em cada situação, as formas de atuação nas nossas igrejas, nos nossos movimentos e eventos pastorais, para restringir ao máximo aquilo que possa ser ocasião de contágio", referiu o presidente da CEP.

O Santuário de Fátima garante a transmissão diária de duas celebrações durante o confinamento mas os museus e os espaços comerciais estão fechados. "Com o dever de recolhimento domiciliário anunciado pelo Governo, o Santuário de Fátima manterá o seu programa oficial suprimindo de segunda a domingo, a Missa das 16.30 horas, na Basílica da Santíssima Trindade, e, ao domingo, a oração comunitária de Vésperas, às 17.30 horas, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, e a bênção dos veículos da parte da tarde", informou o santuário.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG