O Jogo ao Vivo

Estado de emergência

Igreja pede criatividade nas celebrações da Páscoa

Igreja pede criatividade nas celebrações da Páscoa

Uma vela acesa ou uma cruz na casa de cada família católica são algumas das sugestões feitas pelas dioceses portuguesas para a celebração da Páscoa. As paróquias, em todas as igrejas, deverão tocar os sinos várias vezes ao dia no domingo de Páscoa.

Com as celebrações publicas canceladas, Manuel Barbosa, porta-voz da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), diz que "cada bispo, seguindo as normas da Direção-Geral da Saúde, pode fazer o que entender" desde que cumpra "as orientações gerais da Santa Sé".

Desde Roma, a Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos enviou instruções para todo o Mundo. A Congregação sugere que "as expressões de piedade popular e as procissões que enriquecem os dias da Semana Santa e do Tríduo Pascal" sejam transferidas para 14 e 15 de setembro.

Em Lisboa, o Cardeal Patriarca, escreveu uma carta aos sacerdotes onde apela à criatividade. A nível diocesano, D. Manuel Clemente, não deu nenhuma indicação sobre a realização de gestos comuns, deixando a cada paróquia liberdade para celebrar a Páscoa.

No Porto

D. Manuel Linda, no Porto, concedeu aos párocos "onde existam centros sociais paroquiais, aos capelães de lares da terceira idade e aos capelães das prisões, a faculdade de absolver coletivamente os idosos ou detidos aí institucionalizados". Uma confissão coletiva com a condição de que seja explicado que, após o regresso das condições normais, devem realizar a confissão "individual e íntegra das faltas graves".

"Para exteriorizar a fé, peço às famílias que na noite de sábado para domingo coloquem na janela uma ou mais velas. Recordar-nos-ão o batismo e convidar-nos-ão a ser luz no Mundo. Durante o domingo de Páscoa, os sinos devem tocar festivamente", escreveu D. Jorge Ortiga, arcebispo de Braga, no documento enviado aos padres.

Em Coimbra, D. Virgílio Antunes, avisa que a "missa crismal será adiada para data oportuna", apontando o dia 19 de junho como uma data possível. Sobre as cerimónias de Domingo de Ramos, Semana Santa e domingo de Páscoa, a indicação é que sejam celebradas e transmitidas pelo Facebook ou pelo Youtube.