Nacional

Imprensa espanhola destaca "emagrecimento" do Executivo

Imprensa espanhola destaca "emagrecimento" do Executivo

A Imprensa espanhola destaca o "emagrecimento" do executivo português, com cobertura destacada nas edições online dos principais órgãos de informação do país sobre a composição do novo Governo português anunciada esta sexta-feira.

As duas principais agências, Efe e Europa Press, enviaram de Lisboa despachos em que detalham a composição do executivo, o acordo de Governo entre o PSD e o PS e onde destacam as duras medidas que o país terá que aplicar no âmbito do pacote de resgate financeiro.

Toda a imprensa destaca o facto de o novo governo ser "formado apenas por onze ministros, menos cinco que o anterior executivo socialista" e por integrar independentes.

A Europa Press, em particular, destaca o facto de o primeiro-ministro indigitado, Pedro Passos Coelho, ter "atribuído a figuras independentes as pastas de Finanças, Economia, Saúde e Educação".

A cobertura noticiosa espanhola do anúncio do novo governo destaca o facto de desaparecerem algumas das pastas do anterior executivo, como Cultura e Presidência e de três outras áreas ficarem integradas em pastas diferentes - Obras Públicas, Transportes e Comunicações no Ministério da Economia; Ambiente no Ministério da Agricultura e Ensino Superior no Ministério da Educação.

Outras Notícias