Pandemia

Incidência e transmissão sobem em dia com três mortes e 291 casos de covid

Incidência e transmissão sobem em dia com três mortes e 291 casos de covid

Portugal registou 291 novos casos por covid-19 nas últimas 24 horas, aos quais foram associadas três mortes. Internados aumentam.

A Direção-Geral de Saúde (DGS) registou 291 casos e três mortes por covid-19 nas últimas 24 horas. Com estes dados, o total de infeções desde o início da pandemia subiu para 1080097, às quais estão associados 181000 óbitos.

Os números representam uma subida face aos 291 registos de domingo, normal às segundas-feiras, e uma descida de 36 face aos 327 de há oito dias. Recuando mais uma semana, nota-se uma subida, dos 193 casos de 4 de outubro para os 291 de hoje.

Nos hospitais, há mais 17 internados. Do total de 312 pessoas acamadas, 62 são doentes considerados graves, mais um do que no domingo. Foi a segunda subida do número de hospitalizados, depois dos 285 de sábado (um mínimo de quase seis meses) e o terceiro aumento, ainda que ligeiro, nos casos em UCI.

Segundo o boletim da DGS desta segunda-feira, o total de casos ativos diminuiu para 30205 (menos 104), enquanto os recuperados são agora 1031792 (mais 392). Há 21174 pessoas sob vigilância das autoridades, menos 222 face a domingo.

As vítimas mortais, três homens, tinham mais de 80 anos, a faixa etária mais martirizada pela doença, e residiam na Região Norte. A zona mais setentrional do país perdeu 5585 vidas desde o início da pandemia, de um total de 413475 infeções, 93 nas últimas 24 horas.

PUB

A Região de Lisboa continua a ser a mais afetada pela pandemia. Nas últimas 24 horas somou 102 casos, para um total de 417135 infeções registadas desde o início da pandemia, das quais resultaram 7707 mortes.

Ao centro, são mais 31 casos (144738 e 3169 mortes), enquanto a sul o panorama parece mais calmo esta segunda-feira, dia tradicionalmente com menos reporte de casos, uma vez que muitos laboratórios fecham ao fim de semana.

No Alentejo foram registadas 22 infeções, 39783 e 1047 mortes desde o início da pandemia, enquanto no Algarve o total subiu para 43373 casos, mais 16, aos quais estão associados 475 óbitos.

Transmissibilidade e incidência aumentam

Segunda-feira é dia de matriz de risco, o esquema de cores que regista a taxa de incidência e o índice de transmissibilidade e que durante alguns meses serviu de orientação para as medidas de confinamento ao Governo.

A incidência subiu de 84,2 para 84,3 casos de infeção por SARS-CoV-2 por 100 mil habitantes, a nível nacional, de sexta-feira para hoje. Descontando as ilhas, a subida foi de 84,4 para 84,7.

O índice de transmissão, o R(t) subiu de 1,0 para 1,01, a nível nacional. Sem contar com as ilhas, a subida no território continental foi dos mesmos 1,0 para 1,02.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG