Covid-19

Incidência no Porto e em Lisboa continua a descer e há menos concelhos em risco

Incidência no Porto e em Lisboa continua a descer e há menos concelhos em risco

Há 209 concelhos acima dos níveis de risco definidos pelo Governo, com mais de 120 casos por 100 mil habitantes, bem abaixo dos 380 da semana passada. Incidência no Porto e em Lisboa continua a descer.

De acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), divulgado esta sexta-feira, há agora quatro concelhos no nível de risco mais elevado (mais de 960 casos por 100 mil habitantes) - mais um do que a semana passada. A Proença-a-Nova (1947) e Portimão (986) mantêm-se nesta categoria e juntam-se Vila do Bispo (1321) e Sousel (970). Sines, que na semana passada fazia parte deste grupo, com 1014 casos, baixou significativamente para os 788.

PUB

Na categoria seguinte, dos municípios com mais de 480 casos por 100 mil habitantes, estão agora 25 concelhos, menos sete do que na semana passada, quando se registavam 32. Entre esses municípios, encontram-se Porto e Lisboa, em que a incidência voltou a descer. A Invicta tem agora 558 casos por 100 mil habitantes, tendo reduzido o número anterior (685), enquanto a capital desceu de 595 para 554 casos.

O boletim desta sexta-feira revela ainda que há 94 concelhos com uma incidência superior a 240 casos de infeção pelo coronavírus SARS-COV-2 por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias, muito abaixo dos 127 da semana passada. Por sua vez, 86 concelhos têm mais de 120 casos por 100 mil habitantes, menos 132 do que na semana passada, quando se registavam 218.

Ao todo são agora 209 concelhos acima dos níveis de risco definidos pelo Governo, com incidência superior a 120 casos por 100 mil habitantes, um número muito inferior aos 380 de há uma semana. Esses representam 68% dos 308 municípios do país.

Em Portugal, há ainda 10 concelhos com incidência de zero, mais três do que na semana passada: Calheta (Açores), Castanheira de Pêra, Constância, Corvo, Freixo de Espada à Cinta, Manteigas, Marvão, Mesão Frio, Penedono e Santa Cruz das Flores.

Segundo o boletim desta sexta-feira, a incidência nacional é de 319,9 casos por 100 mil habitantes e de 324,6 se considerado apenas o continente. O índice de transmissibilidade (Rt) subiu de 0,94 para 0,95, tanto a nível nacional como no território continental.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG