INEM

INEM espera poupar um milhão de euros em horas extraordinárias

INEM espera poupar um milhão de euros em horas extraordinárias

O Instituto Nacional de Emergência Médica conta poupar um milhão de euros com a redução das horas extraordinárias, conseguida através da reorganização da escala de serviço dos técnicos de saúde, afirmou, esta quarta-feira, o presidente do instituto no Parlamento.

"O Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) vai poupar um milhão de euros só pelo exercício da redução de horas extraordinárias", afirmou Miguel Soares de Oliveira na comissão parlamentar de Saúde.

Segundo os dados do INEM, 2011 foi o único ano em que se conseguiu não só travar a tendência de crescimento anual das horas extraordinárias, mas obter uma redução de 17% comparativamente a 2010.

A diminuição registada em 2011 permitiu até ao momento uma redução de perto de 440 mil euros no valor a pagar em horas extraordinárias, relativamente ao ano anterior, sendo que só comparando o mês de Julho com o período homólogo, verificou-se uma diminuição de 33%.

O presidente do INEM fez ainda uma referência às contratações de pessoal - uma das questões que os deputados queriam ver esclarecida - afirmando que estas "contribuirão para a poupança de horas extraordinárias", o que já será visível nos vencimentos Dezembro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG