Exclusivo

Inspeção a motas espera há nove anos por portaria do Governo 

Inspeção a motas espera há nove anos por portaria do Governo 

Secretário de Estado das Infraestruturas garante que avaliação avança em 2022 e incluirá motociclos de 125 cc.

Há nove anos que a inspeção de motos, de triciclos, de moto-quatro e de quadriciclos com cilindrada superior a 250 centímetros cúbicos (cc) aguarda pela publicação de uma portaria do Governo para avançar. Em 2012, o Executivo alargou o universo de veículos a inspecionar, mas ficou por publicar a portaria que regulamentaria essa obrigação. Esta segunda-feira, o Ministério das Infraestruturas garantiu que a inspeção de motociclos tornar-se-á "obrigatória a partir de 1 de janeiro de 2022", incluindo veículos com cilindrada superior a 125 cc.

A calendarização das inspeções daqueles veículos já foi definida - terá lugar quatro anos após a data da primeira matrícula; depois, será de dois em dois anos até que o veículo complete oito anos; e, por fim, a avaliação passará a ser anual. Porém, só se tornará letra de lei após a aprovação destas regras em portaria. Ora, volvidos nove anos, o Executivo ainda não produziu a portaria necessária, embora tenha sido estabelecido um prazo legal para os centros de inspeção se prepararem para a avaliação das viaturas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG