Nacional

Instituto do Desporto confirma 687 facturas não contabilizadas

Instituto do Desporto confirma 687 facturas não contabilizadas

O Instituto do Desporto de Portugal confirmou esta segunda-feira que existem 687 facturas não contabilizadas e que está a passar uma "muito preocupante situação económico-financeira".

Em comunicado divulgado pela Agência Lusa, o organismo nega uma notícia de 3 de Setembro do jornal "i", que dava conta que apenas 40 facturas estão por contabilizar, e explica que esse número se refere a uma investigação inicial.

"Ao contrário do que sugere a notícia, o Instituto do Desporto de Portugal (IDP) encontra-se em muito preocupante situação económico-financeira e de tesouraria, dado que o montante de encargos assumidos e não pagos, reportados à Direcção-Geral do Orçamento à data de 31 de Julho de 2011, é substancialmente inferior ao real", lê-se no comunicado.

O IDP revela que inicialmente foram detectadas "apenas 50 facturas" numa sala fechada e que um inquérito foi "de imediato desencadeado".

"O universo total de 687 facturas, de que as 50 (e não 40) são apenas uma ínfima porção, objectivamente inexistentes no sistema contabilístico do IDP (como deviam), está a ser igualmente objecto de tratamento e averiguações. Estranha-se, pois, qualquer conclusão como a que a notícia pretende assentar, sem se concluir sequer aquele inquérito - que, note-se, é sigiloso", refere.

O organismo clarifica ainda que as facturas "dificilmente" estão integradas no QREN Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN), "uma vez que a região de Lisboa e Vale do Tejo está fora da regra de convergência e nenhuma candidatura foi, de resto, apresentada".

"Todos os dias são recebidos no IDP, pessoalmente, por telefone e por email, contactos de dezenas de fornecedores que reclamam o pagamento de facturas de bens fornecidos e serviços prestados. Tais serviços reportam-se a facturas incluídas no universo total de 687 reclamadas por 176 diferentes fornecedores. Apuradas até ao anúncio público", lê-se no comunicado.

PUB

A 23 de Agosto, o ministro dos Assuntos Parlamentares. Miguel Relvas, revelou que foram encontradas facturas por pagar no valor de 6,78 milhões de euros numa sala do Instituto do Desporto de Portugal.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG