Greve professores

93% dos alunos já têm notas

93% dos alunos já têm notas

Uma semana após o fim da greve às reuniões de avaliações convocada pelas duas federações, Fenprof e FNE, mais oito sindicatos de professores, o Ministério da Educação revelou esta sexta-feira que 93% dos alunos estão avaliados.

"93% dos alunos estão já avaliados de acordo com o reporte feito pelas escolas até ao fim do dia 19 de julho. Alentejo e Lisboa e Vale do Tejo são as regiões que registam uma maior percentagem de alunos já avaliados", revelou esta sexta-feira o Ministério da Educação.

O atraso na atribuição das notas de fim de ano devido à greve dos professores aos conselhos de turma estava a bloquear, recorde-se, o processo de matrículas e de constituição de turmas que assim pode ser concluído. Depois dos alunos do 9.º. 11.º e 12.º terem tido avaliações graças aos serviços mínimos cumpridos por decisão de um colégio arbitral, o Ministério da Educação veio agora divulgar que uma semana após a desconvocação da greve pela plataforma sindical, 93% dos alunos de todos os anos já têm notas.

O Sindicato para Todos Os Professores (STOP) é o único que mantém a greve até ao fim do mês de julho. Os presidentes das duas associações de diretores estavam preocupados com os consequentes atrasos na conclusão do ano letivo, nomeadamente nas matrículas, constituição de turmas e pedidos de novos professores para o próximo ano letivo.

O ministério assegura que no "terreno" estão "equipas da Inspeção-Geral da Educação e Ciência com instruções para, nos termos legais e regulamentares, ajudar os diretores e órgãos de gestão das escolas na resolução dos casos pendentes através da aplicação de instruções anteriormente enviadas" aos agrupamentos. E caso se verifiquem dificuldades nas transferências de alunos, "serão acionadas medidas administrativas para garantir que a situação é corrigida e nenhum aluno é prejudicado".

ver mais vídeos